Efisica

Chaveamento eletro-óptico

 

Como visto na seção anterior, a cela de Kerr pode ser usada como modulador ou chave eletro-óptica rápida, ou seja, aplicando-se pulsos elétricos nos eletrodos, a transmissão óptica do sistema também será pulsada. Assim, este dispositivo pode ser usado, por exemplo, como um chopper rápido (f ~ MHz) para vários tipos de experimentos. A chave eletro-óptica mais comumente utilizada, no entanto, é aquela baseada no efeito Pockels. A cela de Pockels é bastante similar àquela mostrada na Fig. 6.28, porém, com o meio eletro-óptico sendo um cristal anisotrópico e o campo elétrico sendo, em geral, aplicado na direção longitudinal. Esta cela permite uma aplicação muito importante na construção de alguns tipos de laser de alta potência, através do uso da técnica de "Q-switching" (chaveamento do fator de qualidade da cavidade do laser). Voltaremos a abordar este assunto quando discutirmos o princípio de operação dos lasers.

Finalmente, uma outra aplicação que se pode dar à cela de Pockels é na eliminação das flutuações de potência da luz que sai de um laser. Este dispositivo, chamado de eliminador de ruidos (noise eater), está mostrado esquematicamente na Fig. 6.29. Um divisor de feixes DF coleta uma pequena fração da luz e a envia para um detector. O sinal deste é comparado com uma referência fixa e a diferença ?v realimenta a cela de Pockels, junto com um nível D.C. de voltagem (V), de tal forma que a intensidade de luz indo para o experimento é sempre constante.

 

Fig. 6.29 - Diagrama esquemático de um eliminador de ruidos.

 

 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados