Efisica

Princípio de Babinet

 


Considere uma abertura A que produz um campo difratado U(P) no ponto de observação P. Suponha agora que a abertura é dividida em duas porções A1 e A2 tal que A = A1 + A2. As duas novas aberturas são ditas complementares. Um exemplo está mostrado na Fig. 9.7.

Fig. 9.7 - Exemplo e a geometria do princípio de Babinet.


Da fórmula de Fresnel-Kirchhoff é fácil ver que U(P) = U1(P) + U2(P). Esta equação, conhecida como princípio de Babinet, é uma conseqüência direta da possibilidade de divisão da região de integração em diversas partes.

 


 

 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados