Efisica

Imagens formadas pela refração

 

A refração altera a forma com que os nossos sentidos percebem os objetos. Uma colher, por exemplo, dentro da água parece ter-se entortado.

colher dentro de um copo com água

Vamos considerar nesse capítulo a formação de imagens considerando-se a superfície de separação entre dois meios como sendo um plano. Tal arranjo tem o nome de dióptico plano.

Antes de considerarmos o caso de um objeto extenso, vamos analisar a imagem P’ de um ponto objeto P situado no meio (2). O ponto P pode ser pensado como um ponto de um objeto dentro da água, por exemplo. Podemos, agora, imaginar dois raios luminosos oriundos do ponto P. Consideremos um raio incidindo perpendicularmente e outro não. Aquele que incide perpendicularmente à superfície não muda de direção. O outro que incide obliquamente muda de direção.

colher dentro de um copo com água

Note-se que os raios refratados não se encontram. No entanto, o prolongamento desses raios refratados se encontram num ponto P’. Esse é o ponto imagem de P. A imagem P’ é virtual uma vez que ela é determinada pelo prolongamento dos raios luminosos refratados.


 

 

Ótica (Básico)

Seção 6 : Refração da luz

  1. Introdução
  2. Índice de refração
  3. Leis de refração
  4. Ângulo limite de refração
  5. Ângulo limite de incidência - reflexão total
  6. Imagens formadas pela refração

Seção anterior | próxima Seção

Sobre esta Página

Autores:

  • Gil da Costa Marques
  • Nobuko Ueta

Modificado: 2007-05-03

Tags

Recursos Relacionados

Contato

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados