Efisica

Refração da luz

1: Introdução

A passagem da luz de um meio para outro damos o nome de refração.

2: Índice de refração

Ao mudar de meio a luz altera sua velocidade de propagação. O índice de refração quantifica essa mudança.

3: Leis de refração

O fenômeno da refração é regido por duas leis que enunciaremos aqui.

4: Ângulo limite de refração

Para determinarmos o ângulo limite basta notarmos que para o ângulo de incidência nulo teremos ângulo de refração também nulo. À medida que aumentarmos o ângulo de incidência, o ângulo de refração também aumenta.

5: Ângulo limite de incidência - reflexão total

Consideremos agora o caso em que o meio (1) é mais refringente. Isto é, esse meio tem um índice de refração maior do que o outro meio. Consideremos a luz incidente nesse meio mais refringente. Agora ver-se-á que o ângulo de incidência atinge um valor máximo o qual é o limite para incidência com a ocorrência de refração.

6: Imagens formadas pela refração

A refração altera a forma com que os nossos sentidos percebem os objetos. Uma colher, por exemplo, dentro da água parece ter-se entortado.

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados