Efisica

Determinação de imagens puntiformes - Método gráfico

 

 

Para determinarmos a posição da imagem de um ponto que emite raios luminosos (ponto luminoso) colocado numa posição P diante de um espelho esférico devemos analisar o que acontece com os vários raios de luz emitidos pela fonte. Na realidade, o trabalho fica enormemente facilitado ao nos lembrarmos que o ponto imagem é único e ele seria determinado pelo ponto onde se cruzam (ou se interceptam os raios refletidos). Basta, portanto, considerarmos apenas dois raios luminosos. Fica a critério de cada um a escolha desses raios. É mais fácil considerarmos dois dentre os seguintes casos.

Exemplo interativo

 

1. Raio de luz passando pelo centro de curvatura

 

Como todo raio de luz que incidir passando (ou efetivamente ou apenas o seu prolongamento) pelo centro de curvatura volta sobre si mesmo, um dos raios pode ser tomado passando pelo centro da curvatura. O refletido é facilmente determinado.

 

2. Raio luminoso incidente passando (ou sua continuação) pelo foco

 

Nesse caso, o raio refletido sairá paralelamente ao eixo principal.

 

3. Raio de luz incidente paralelamente ao eixo principal

 

O raio refletido, como argumentado antes, passará (ou sua continuação no caso de espelho convexo) pelo foco.



4. Raio de luz passando pelo vértice

 

Nesse caso, o raio refletido formará o mesmo ângulo (em relação à normal pelo vértice) que o raio de incidência.


 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados