Efisica

Introdução


Neste capítulo vamos analisar mais algumas forças especiais. São as forças chamadas de inércia (a força centrífuga é a mais conhecida delas).

Elas surgem, e se fazem sentir, em sistemas de referência ditos não-inerciais. As forças de inércia devem sempre ser levadas em conta quando o movimento é descrito por um observador localizado num sistema não-inercial.

sistemas inerciais

Estaremos particularmente interessados em sistemas acelerados ou em sistemas em rotação. Estes são exemplos típicos de sistemas não-inerciais. Neles surgem as forças de inércia.

A Terra está em rotação. Consequentemente, nos movimentos descritos utilizando-se a Terra como sistema de referência, precisamos levar em conta as forças de inércia. Esse exemplo, da Terra, serve para lembrar a relevância das forças de inércia.

Rotaçao terra


Para sistemas de referência em rotação com velocidade angular constante, as forças de inércia são a força centrífuga e a força de Coriolis.

força centrífuga - UFC

aceleração de coriolis

força de coriolis


 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados