Efisica

Gravitação no cotidiano

 

1. A queda dos objetos

O movimento de queda dos objetos é a manifestação mais simples da força gravitacional no cotidiano. O objeto em queda é acelerado em direção ao centro da Terra.
Todo corpo na superfície terrestre experimenta a ação da força gravitacional. Ela é mais comumente conhecida como força peso. Sua expressão é

onde é aceleração da gravidade.

2. O movimento da lua

Ao observarmos a Lua no seu movimento em torno da Terra, estamos nos dando conta de outro fenômeno associado à gravitação. Este movimento resulta da atração gravitacional que a Terra exerce sobre a Lua.

3. O movimento das marés

O movimento das marés resulta da atração gravitacional que a Lua exerce sobre a Terra. Na porção do nosso mundo onde existe água haverá uma deformação na superfície terrestre. Forma-se um pequeno calombo, o qual se desloca juntamente com a Lua. Assim, as águas do mar deverão subir ou descer em função da aproximação ou afastamento da Lua.

O movimento das marés

4. O movimento dos planetas

O movimento dos planetas, e o da Terra em particular, é resultado da força gravitacional que o Sol exerce sobre os planetas.

5. A forma arredondada dos planetas e estrelas

A Lua, os planetas e as estrelas têm uma forma arredondada. Essa forma resulta do efeito da atração gravitacional.

6. Colapso estelar

À medida que o combustível no interior das estrelas vai se exaurindo, o efeito da atração gravitacional é provocar o colapso da estrela. Esse colapso resulta do fato de a atração gravitacional não dispor de formas (no interior da estrela) que se contraponha a ela. O resultado disso é que a estrela vai se encolhendo, diminuindo de tamanho (de raio), produzindo um objeto compacto (muito denso). Toda a massa da estrela se encontra numa região muito pequena do espaço. Nesse caso, dizemos que a estrela colapsou. Todas as estrelas "morrem" assim.

7. Buraco negro

Se uma estrela tiver uma massa pouco maior do que quatro vezes a massa do Sol, essa estrela acabará tornando-se, em algum estágio do processo de colapso estelar, um buraco negro.
Num buraco negro, a atração gravitacional é tão intensa que ela atrai todos os objetos (donde o nome buraco), mas não deixa sair nenhum objeto. Assim, nem a luz escapa de um buraco negro. Desse fato deriva o seu nome.

 

 

Mecânica (Básico)

Seção 21 : Gravitação

  1. Introdução
  2. Newton e a gravitação
  3. Gravitação no cotidiano
  4. Experimentação

Seção anterior | próxima Seção

Sobre esta Página

Autores:

  • Gil da Costa Marques
  • Nobuko Ueta

Modificado: 2007-04-29

Tags

Recursos Relacionados

Contato

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados