Efisica

Empuxo no cotidiano

 

1. Objetos com densidade uniforme flutuam

 

Objetos com densidade menor do que a do líquido no qual estão imersos flutuam. Uma bola de isopor flutua. Se a submergirmos num líquido ela tende a subir. Os dois efeitos resultam do empuxo.
demonstração do empuxo


2. Objetos "ocos" flutuam

 

Um objeto oco tem mais facilidade de flutuar. Um navio só flutua porque ele não é todo de ferro. As partes ocas ou vazias do navio reduzem sua densidade em relação àquela do ferro maciço. Um navio é tão oco que a sua densidade média é bem menor do que a densidade da água.


3. Uma tigela flutuando

 

Uma tigela funda flutua sobre a água. O que ocorre se, em seguida, quebrarmos a tigela?

uma tigela flutuando e depois de ser quedrada

 


4. Garrafa boiando

 

As garrafas em geral flutuam. No entanto, se como resultado das ondas a água começar a penetrar na garrafa, depois de algum tempo ela afundará.

garrafa tampada boiando


5. facilitando a flutuação

 

As pessoas têm facilidade para boiar na água. O mesmo vale para os animais. Isso demonstra que a densidade média dos seres vivos é praticamente igual à densidade da água.

Quando você estiver de barriga para cima na água, inspire uma certa quantidade de ar a mais. Você perceberá que o seu corpo passará a flutuar com mais facilidade. Por quê?
a densidade média dos seres vivos é praticamente igual à densidade da água.


6. Objetos mais leves que o ar

 

Os gases também são fluidos. Eles diferem dos líquidos por possuírem uma densidade menor do que estes. A Terra é envolta por uma mistura de gases (a atmosfera terrestre). A Terra está, portanto, envolta por uma camada de fluido.

Objetos cuja densidade seja menor do que a densidade da atmosfera tendem a flutuar (dizemos que esses objetos são mais leves do que o ar). Novamente aqui isso pode ser explicado pelo princípio de Arquimedes.

Você já deve ter visto os dirigíveis ou balões, que são grandes objetos (relativamente leves) contendo no seu interior gases mais leves do que o ar (especialmente hidrogênio).

A ascensão de um dirigível é facilitada ao inflarmos o mesmo. Esvaziá-lo facilita a sua descida.

um dirigível contendo no seu interior gas de hidrogênio que é mais leve que o ar


7. Balões em festas juninas

 

Um balão de festa junina sobe se atearmos fogo a uma mecha. Quando a mecha se apaga o balão cai. Por que isso acontece?

É bom lembrar que a queima de um combustível altera a composição química do ar. Isto é, ele é substituído por gases mais leves (com menor densidade). Portanto, a queima da mecha acaba, depois de um curto lapso de tempo, fazendo com que prevaleça no interior do balão uma mistura mais leve do que o ar. O balão tende a subir pelo empuxo provocado pelo ar em volta.


8. Os icebergs

 

Os icebergs são grandes massas de água no estado sólido, que se deslocam seguindo as correntes marítimas nos oceanos. Em geral, a ponta do iceberg corresponde a menos de 10% do volume total do mesmo.

O gelo tem uma densidade ligeiramente menor do que a água, próxima do ponto de fusão da mesma. Assim, os icebergs flutuam devido à menor densidade do gelo.


 

 

Mecânica (Básico)

Seção 29 : Princípio de Arquimedes - Empuxo

  1. Empuxo
  2. Densidade superficial e densidade volumétrica
  3. Objetos que boiam e objetos que afundam
  4. Arquimedes
  5. Empuxo no cotidiano
  6. Experimentação

Seção anterior | próxima Seção

Sobre esta Página

Autores:

  • Gil da Costa Marques
  • Nobuko Ueta

Modificado: 2007-07-02

Tags

Recursos Relacionados

Contato

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados