Efisica

Construção de um amperímetro

 




Figura 3a. Construção de amperímetro com galvanômetro e resistor em paralelo
Um amperímetro é construído pela associação em paralelo de um resistor (chamado de "shunt") com um galvanômetro (Figura 3a). A corrente total IA que atravessa a associação se divide na corrente IG que atravessa o galvanômetro, e é por ele medida, e na corrente IS que é desviada atravessando o "shunt", na razão inversa de suas resistências. A corrente IG que atravessa o galvanômetro é apenas uma fração da corrente total IA; sabendo em que proporção a corrente total IA se divide entre IG e IS poderemos determinar quanto vale a corrente total I medindo a parte dela que atravessa o galvanômetro.
Mostre que e a partir daí que
O número adimensional é o fator de amplificação da escala natural de medida de corrente do galvanômetro conseguida com a associação em paralelo com o resistor RS. A partir dessa relação podemos calcular o valor da resistência necessário para converter o galvanômetro num amperímetro na escala desejada.

A resistência do amperímetro na nova escala é RA enquanto a corrente máxima que se pode medir é igual a RGIFE/RA. O produto da resistência numa escala pela corrente máxima nessa escala é igual para todas as escalas e corresponde à máxima queda de potencial no amperímetro. Esse valor é uma característica do galvanômetro utilizado no amperímetro, e é igual ao produto da resistência do galvanômetro RG pela corrente de fundo IFE:

queda de potencial máxima no amperímetro = RGIFE (em A).


 

 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados