Efisica

Pilhas padrões

 


A força eletromotriz fornecida pelas pilhas comuns diminui com o tempo, por vários motivos, entre os quais a polarização e o gasto dos eletrodos. Mas, há certos tipos de pilha, de construções bastante delicadas, que mantém a força eletromotriz constante por muito tempo. São chamadas pilhas-padrões. Elas não são utllizadas para uso geral como as outras, mas, somente nos laboratórios, como elementos de força eletromotriz padrão. Assim, por exemplo, no método de Poggendorf para a medida da força eletromotriz de uma pilha, que descrevemos, a pilha de força eletromotriz conhecida deve ser uma pilha padrão.

Uma das pilhas padrões mais usadas é a pilha de Weston. Tem como invólucro um tubo de vidro em forma de H (fig. 219). Um dos eletrodos é de mercúrio, o outro de amálgama de cádmio. Acima do eletrodo de mercúrio é colocada uma pasta de sulfato mercuroso, e acima desta, cristais de sulfato de cádmio. Acima do amálgama de cádmio são colocados cristais de sulfato de cádmio. O restante do tubo é preenchido por uma solução saturada de sulfato de cádmio. Por cima da solução é deixado um espaço de ar.

Pilhas padrões

Figura 219

A f.e.m. de uma pilha Weston bem construída é 1,0183 volts a 20oC. Essa f.e.m. varia com a temperatura, mas existem fórmulas que permitem calcular a variação da f.e.m. em função da temperatura.

 

 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados