Efisica

Lei de OHM para circuitos fechados, ou lei de Pouillet

 

 

A energia que o gerador fornece é utilizada em parte pelo circuito interno e o restante pelo circuito externo. Sendo a resistência interna, a energia consumida pelo circuito interno durante o tempo t é ; sendo a resistência externa, a energia consumida pelo circuito externo durante o tempo t, é (fig. 165).

A f.e.m. do gerador por definição é . Sendo , temos:

Mas, . Então:

ou

Essa expressão resume a lei de Ohm para os circuitos fechados, ou lei de Pouillet: “a f.e.m. de um gerador é igual ao produto da intensidade da corrente pela resistencia total do circuito”.

Vemos por aí que a f.e.m. é dada pelo produto de uma resistência por uma intensidade de corrente, o que confirma que f.e.m. é grandeza da mesma espécie que diferença do potencial.

Sendo , a f.e.m. e a soma de duas diferenças de potencial: uma , é a diferença de potencial entre os extremos do circuito externo; outra, é a diferença de potencial entre os extremos do circuito interno.

Fazendo , temos:

 

 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados