Efisica

Diferentes tipos de condução

 

 

Toda corrente elétrica é constituída pelo movimento de íons ou de elétrons. Mas, por uma questão didática, costuma-se considerar três casos de condução.

 

1. Condução eletrônica ou condução metálica

 

Nos metais a corrente elétrica é constituída pelo movimento de elétrons que vão passando de um átomo a outro com grande facilidade. Quando se produz o campo , os elétrons ficam sujeitos à forças que tem sentido oposto ao desse campo, e se deslocam no sentido dessas forças. Os íons positivos, que resultam dos átomos que perdem elétrons, também ficam sujeitos a forças que tem o mesmo sentido que o campo (fig.116). Mas, nos metais o deslocamento desses íons é desprezível em relação ao dos elétrons. Foram realizadas experiências para se verificar se esses íons positivos se deslocam ou não, nos metais. Não se constatou nenhum deslocamento que pudesse ser medido. Podemos então dizer que, nos metais, a corrente elétrica é constituída pelo movimento de elétrons (que se deslocam em sentido oposto ao do campo).

Condução eletrônica ou condução metálica

Figura 116

Os metais são chamados condutores de primeira classe.

Corrente elétrica

 

2. Condução eletrolítica

 

É aquela que se verifica nas soluções de ácidos, bases ou sais em água, e nos sais fundidos. Nestes condutores, a corrente é constituída pelo deslocamento de íons que resultam da dissociação de moléculas. Os íons positivos, chamados cátions se deslocam no sentido do campo ; e os negativos, chamados ânions se deslocam em sentido oposto. A corrente elétrica é constituída pelo movimento de íons nos dois sentidos. Estes condutores são chamados eletrólitos, ou condutores de segunda classe.

 

3. Condução gasosa

 

Nos gases, a corrente elétrica é constituída pelo movimento de cátions num sentido e de ânions em sentido oposto. Esses cátions e ânions provém da ionização das moléculas do gás. Essas moléculas, porém, não se ionizam sozinhas, como no caso dos eletrólitos. A corrente começa, em geral, com o movimento de elétrons livres. Esses elétrons, chocando-se com as moléculas do gás, arrancam elétrons dessas moléculas, e as ionizam. Os íons formados por sua vez encontram novas moléculas, que são ionizadas por choque. Estes novos íons participam da corrente, e assim por diante.

Os gases também são chamados condutores de terceira classe.

 

 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados