Efisica

Condensadores

 


Chama-se condensador a um conjunto de dois condutores carregados com cargas elétricas de mesmo valor absoluto e sinais opostos, e separados por um isolante (que pode ser o próprio ar).

Um dos condutores tem carga e potencial . O outro tem carga e potencial . Os condutores são chamados armaduras do condensador.


Realização prática

 

Praticamente se realiza um condensador do seguinte modo: um condutor A é colocado no interior de um condutor B, que é ligado à terra. Carrega-se A com carga , por meio de uma fonte de carga, por exemplo, uma pilha ou uma máquina eletrostática. Por indução, aparecem em B as cargas Q e . Mas, a carga é escoada para a terra e B fica carregado com (fig. 97). Portanto, somente fornecemos carga a um dos condutores. O outro se carrega por indução.


Figura 97

A essa operação chamamos carregar o condensador. A carga Q é chamada carga do condensador.


Definição

 

Chama-se capacidade do condensador ao quociente da-carga Q pela diferença de potencial entre as armaduras:

O conceito da capacidade de um condensador é um elemento importante, porque, para um dado condensador, ela é constante: não depende da carga Q nem da diferença de potencial . Se variarmos a carga Q, a diferença de potencial variará, mas o quociente de Q por permanecerá constante. A capacidade do condensador depende só da forma geométrica e dimensões das armaduras, da distância que as separa e da qualidade do isolante colocado entre elas. Mais abaixo estão demonstradas estas afirmações para os casos de condensadores esférico e plano.

 

 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados