Efisica

Tensão eletrostática


Consideremos na superfície de um condutor um elemento de área muito pequena. Nessa superfície haverá uma carga de valor . O restante do condutor produz em um campo elétrico, que chamaremos . A carga , estando situada em um campo elétrico , fica sujeita a uma força . Chama-se tensão eletrostática em 1, ao quociente do módulo da força pela área



Figura 67

Em um ponto muito próximo da parte central de a intensidade do campo é:

Esse campo é a soma de dois campos: um , produzido pela carga Q contida em S, outro , produzido pela carga contida no restante do condutor. A superfície S sendo muito pequena, pode ser considerada como plana. Logo, o campo que ela produz em tem a intensidade:

Temos portanto

Esse é o campo produzido pela parte restante do condutor em um ponto muito próximo de . Logo é também a intensidade do campo produzido em . Substituindo na expressao de T, fica:

Essa é fórmula, que tínhamos mencionado no "Unidades de Densidade Elétrica" sem demonstrá-la. Observemos que a tensão eletrostática é proporcional ao quadrado da densidade elétrica superficial. Isso explica o poder das pontas , pois nas pontas é muito grande, como consequência a tensão eletrostática é grande, e então as cargas elétricas tem grande tendência de sair (veja "O Poder das Pontas" ).

 

© 2007 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados