e-física - Ensino de Física On-line
 


[] Aplicações de Física Nuclear [C. Rodrigues;  J.R. Maiorino;  R.N. Saxena]

Aplicações da Física Nuclear

Claudio Rodrigues;  J.R. Maiorino;  R.N. Saxena

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, São Paulo, SP
 

Independentemente da data reconhecida da origem da Física Nuclear, seja esta a descoberta da radioatividade, feita por Becquerel em 1896, ou a hipótese de Rutherford sobre a existência do núcleo atômico, formulado em 1911, é inegável que os estudos experimentais e teóricos em Física Nuclear tiveram um papel fundamental no desenvolvimento da Física do século vinte.

Os resultados desses estudos permitiram chegar-se a um razoável entendimento das propriedades dos núcleos e estrutura responsável por essas propriedades, modelos atômicos, forças nucleares, que culminaram, por exemplo, com a descoberta da fissão nuclear (1938) e o desenvolvimento dos reatores nucleares. As conquistas da Física Nuclear, nesse quase um século de existência, têm resultado em importantes contribuições para outras áreas da Física, tais como na Física Atômica, Física da Matéria Condensada, Física Médica, Astrofísica e também na Medicina, Energia, Agricultura, Indústria e Meio Ambiente, para citar algumas que têm trazido imensos benefícios para a humanidade, ao lado de enormes preocupações, como é o caso da aplicação de seus conhecimentos na construção de artefatos e armamentos de destruição em massa, cuja proliferação é uma ameaça constante para o nosso futuro.

Nenhum outro campo da ciência abrange um aspecto tão amplo de aplicações, desde o microcosmo (partículas elementares) até o cósmico (astrofísica) e, ao mesmo tempo, com um potencial tão grande para atingir limites entre o bem (diagnóstico e terapia de várias doenças) e o mal (bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki), como a Física Nuclear.

São várias as aplicações da Física Nuclear, hoje visíveis e com resultados identificados, e intimamente ligados à vida das sociedades modernas. Reatores nucleares para geração de energia, propulsão naval e produção de radiofármacos e a utilização das radiações e radioisótopos para diagnósticos e tratamento de várias doenças, melhoria da qualidade e processos industriais, conservação e segurança de alimentos e realização de pesquisas científicas, em várias áreas do conhecimento, são algumas realidades em que as aplicações da Física Nuclear estão claramente presentes.

Mais informaes

 
©2008 - Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada. Todos os direitos reservados.